Socialistas do Faial desistem do Aeroporto

Moderador do grupo do Facebook “Aeroporto da Horta” diz-se perplexo e estupetafo com o silêncio dos dirigentes e candidatos do Partido Socialista nas próximas eleições regionais.

O aumento da pista do Aeroporto da Horta [na fotografia, de Souto Gonçalves, obtida a 21 de julho de 2020] é, provavelmente, dos assuntos mais discutidos pela opinião pública faialense nos últimos anos. Se bem que em épocas eleitorais as opiniões sobre o tema vejam reforçada a sua notoriedade, a verdade é que o grupo formado no Facebook tem sido responsável por manter a questão à tona, independentemente do calendário das ida às urnas.

Este grupo, composto, na presente data, por quase seis milhares de membros (cerca de 40% da população do Faial), foi responsável por duas manifestações à porta do parlamento açoriano com uma adesão sem paralelo nas últimas décadas nesta ilha, cujo motivo da mobilização era, precisamente, as acessibilidades aéreas.

O trabalho desenvolvido pelo grupo “Aeroporto da Horta” tem na realização de numerosas reuniões com diversas entidades, publicação de artigos, entrevistas e uma presença ativa no Facebook.

Moderado por Dejalme Vargas, vigilante da natureza e Rui Sousa, empresário, o grupo tem também como administradores na rede social João Pereira, controlador de tráfego aéreo e Diogo Duarte, comissário de bordo da TAP.

O grupo “tornou-se, em 2016, no local de discussão da ampliação da pista do aeroporto reivindicada por um grupo de cidadãos encabeçados por Dejalme Vargas” lê-se na apresentação feita no Facebook.

Na verdade, tem sido este cidadão, com um nome raro, herdado do pai, emblemático despachante de tráfego da companhia aéreo açoriana no Aeroporto da Horta, o porta-voz das posições do grupo, ao ponto de se ter tornado uma referência entre as pessoas que mais informação têm sobre esta infraestrutura aeroportuária e as operações que ali ocorrem.

Especula-se, além disso, que existem mentores do grupo “Aeroporto da Horta” que não querem dar a cara mas que estão ou estiveram bem posicionados na elite política e social faialense.

AUSÊNCIA DE PALAVRAS

“Nos últimos dias, o PS/Faial e o PS/Açores têm aparecido na comunicação social elencando obras e projetos para o futuro do Faial. O Grupo Aeroporto da Horta atento a tudo o que envolve o nosso aeroporto, (…) com enorme perplexidade e estupefação (…) não encontra quer nas palavras proferidas quer nos artigos de opinião dos candidatos deste partido, quer ainda por parte do Presidente do PS Açores, uma qualquer referência respeitante ao reclamado aumento do nosso aeroporto”, escreveu Dejalme Vargas, num texto colocado online ao fim do dia de ontem.

O título da prosa diz que a ampliação do Aeroporto da Horta desapareceu da agenda do PS local e regional.

Considerando o aumento da pista do aeroporto “uma das obras mais estruturantes” para o desenvolvimento económico do Faial, Vargas acusa o PS de, ao esquecê-la em campanha eleitoral, pretende retirá-la da agenda política de forma “claramente concertada”.

Dejalme Vargas alega que Vasco Cordeiro não quer destinar dinheiro da Região nem da Europa para um investimento na pista do aeroporto, mas lembra que pretende fazê-lo com o financimento de um laboratório de análises para o Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP). Ou seja, diz o líder do grupo Aeroporto da Horta, usa “dois pesos e duas medidas” já que o argumento para a recusa da obra do aeroporto é o facto de a infraestrutura não pertencer à Região, o que precisamente acontece com o DOP.

Em nome do grupo “Aeroporto da Horta” o seu porta-voz reserva para os socialistas faialenses um mimo que quaisquer candidatos a eleições dispensariam: “Ao não fazer pressão junto do PS Açores, do Governo Regional dos Açores e do Governo da República, os dirigentes e candidatos do PS/Faial demonstram, sem margem para dúvidas, que colocam os interesses do Partido e de Vasco Cordeiro acima dos da sua ilha, desistindo da luta em prol do principal projeto de desenvolvimento do Faial.”

A intervenção do grupo “Aeroporto da Horta” não termina sem referir que os deputados do PS eleitos pelos Açores para a Assembleia da República não podem fugir à acusação de enganarem os faialenses por terem votado um artigo do Orçamento do Estado sobre o aumento da pista do Aeroporto da Horta, o qual sempre foi contestado, nomeadamente pelos partidos da oposição, por não ser suficientemente claro sobre as ações a desenvolver relativamente à reivindicação de muitos faialenses sobre o aeroporto. |X|

Um pensamento em “Socialistas do Faial desistem do Aeroporto”

  1. Governo da República quer antecipar obras para ampliar pista do aeroporto da Horta

    Governo quer viabilizar a antecipação da ampliação da pista do aeroporto da Horta. O objetivo é garantir a certificação enquanto aeroporto internacional.

    Na proposta de Orçamento do Estado para 2021, apresentada ontem pelo Ministro das Finanças, João Leão na Assembleia da República, é apresentado o Artigoª 67 Aeroporto da Horta, onde se pode ler o seguinte “O Governo promove os procedimentos necessários para a viabilização da antecipação da ampliação da pista do aeroporto da Horta, de modo a garantir a sua certificação enquanto aeroporto internacional, de acordo com as normas da Agência Europeia para a Segurança da Aviação”.

    https://www.semanarioradio.com/post/governo-da-rep%C3%BAblica-quer-antecipar-obras-para-ampliar-pista-do-aeroporto-da-horta

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s