COVID-19. Número de casos aumenta no Faial

Avaliação epidemiológica está em curso e envolve escolas

© Shutterstock

Embora não haja ainda informação oficial, Escrevi.blog, após o cruzamento de diversas informações, confirma a existência da propagação de COVID-19 na ilha do Faial na sequência da contaminação de um indivíduo hoje anunciada pela Autoridade de Saúde Regional (ASR)

Souto Gonçalves texto

Uma mulher proveniente do continente chegou ao Faial com teste negativo à COVID-19 e realizou o exame ao sexto dia, também negativo. Passado algum tempo e após a verificação de sintomas associados ao coronavírus a pessoa em causa foi alvo de novo teste cujo resultado foi positivo. Na sequência, contactos familiares próximos foram testados e o resultado, hoje obtido mas ainda não divulgado, corresponde a, pelo menos, o diagnóstico de uma criança com a infeção pelo novo coronavírus.

O comunicado de hoje da ASR indiciava que poderiam surgir outras notícias em consequência do novo caso de COVID-19 no Faial ao indicar que as circunstâncias que o envolviam ainda se encontravam “por aferir”.

A avaliação epidemiológica está, entretanto, em curso. Já existem indicações da ASR para o confinamento de contactos próximos, nomeadamente de âmbito profissional, dos familiares da pessoa que deu origem à contaminação da referida criança, no mínimo.

Trata-se de um aluno que frequenta a Escola António José de Ávila (AJA), o que implica a testagem, já mobilizada, de contactos com ele relacionados no âmbito daquele estabelecimento de ensino, bem como da Escola Profissional da Horta (EPH), onde se torna também necessário averiguar a presença do vírus por razões relacionadas com afinidade entre o estudante da AJA e um profissional da EPH.

Escusado será salientar que, tendo em conta as circunstâncias envolventes deste caso, o Faial poderá sofrer um ataque do novo coronavírus, com a disseminação da doença de uma forma que, até agora, poucos seriam os que admitiam como possível, em face do diminuto número de casos positivos ativos na ilha.

A forma traiçoeira como “o bicho” — para usar uma expressão que tende a popularizar-se na denominação do vírus — se dissemina não se compadece com atitudes de negligência, seja de que tipo forem, daí que não é aceitável que alguém se exima de cumprir com a totalidade das determinações em vigor que visam proteger a saúde pública.

A gravidade da situação, que se espera ser apenas potencial, justifica estas linhas, embora escritas ao arrepio da estrita informação que aqui se pretende dar. Talvez ultrapassando a barreira que separa tal informação da opinião de quem redige — que neste blogue se tem como inviolável — o momento grave que vivemos justifica-o, no entender do autor.

CORVO CONFINADO

A COVID-19 chegou ao Corvo, soube-se hoje através do comunicado diário da ASR.

Depois do anúncio de um caso positivo, de um indivíduo residente proveniente do exterior e detetado após a análise do sexto dia, a ASR recomendou o confinamento da população da ilha até ser completada a testagem em curso, “tendo em conta as especificidades” daquela pequena comunidade. |X|

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s