Irra!

Não há garantias de que o Faial não perca o que tem!

É lamentável que o discurso dos nossos representantes políticos continue a ser uma charada no que toca a alguns assuntos. A forma enviesada como nos falam merecia a pergunta que o célebre Obélix da banda desenhada fez, quando encontrou os romanos pela frente: Que tal Astérix, umas chapadinhas?

O caso do aeroporto da Horta é o melhor exemplo disto.

A velha história dos compadres que reciprocamente se elogiam, aqui tem um sentido invertido: só há dois partidos responsáveis por a pista ainda não ter sido aumentada, um partido é o meu, ora diga lá o meu compadre qual é o outro?

A questão das ligações aéreas do Faial e do Pico com o continente segue a mesma anedótica bitola.

Plantados na frente do televisor, inclinados sobre o rádio, folheando o jornal ou digitando no computador, estamos condenados a seguir o labirinto de palavras incompletas, expressões inacabadas e frases redondas acerca das histórias e respetivas versões que nos querem impor.

Já ninguém tem dúvidas de que a legião de assessores de imprensa e adjuntos dos governantes e deputados serve para ocultar informação. Ou melhor: desfazem-se em comunicados e “telefonemazinhos” quando a coisa corre de feição, mas ficam carrancudos quando a pergunta incomoda.

Porque o jornalismo existe para incomodar e o poder para ser conservado estamos perante um mal sem remédio.

Portanto, daí não há que esperar nada quanto a ficarmos esclarecidos.

Nos últimos tempos no Faial assistimos a uma inaudita proliferação de títeres que deixou a nossa terra gravemente ferida no seu orgulho. Não tivemos ninguém, no plano político, que nos defendesse com voz grossa, nem sequer o edil-mor, que costuma elevar os decibéis quando julga necessário.

Por mais que agora se esforce a anterior titular do cargo político mais alto dos Açores, passarão anos até que consiga branquear o seu total apagamento enquanto defensora desta terra.

Do outro lado da contenda temos alguém, agora no poder, incapaz de fazer valer os interesses do Faial.

Persiste a mensagem institucionalizada, blindada nas notas de imprensa, que, como diria o saudoso António Silva, “não adianta nem atrasa antes pelo contrário”.

O que a população do Faial agora quer do PSD não é a promessa de que “continuará, como o demonstrou ao longo dos anos, ao lado dos faialenses na defesa de melhores acessibilidades aéreas”. Não, não é isso.

O Faial quer, preto no branco, é saber se as acessibilidades aéreas a esta ilha, mais do que ficarem comprometidas, serão, efetivamente, melhoradas.

Não queremos artigos em orçamentos, que para percebê-los é preciso estudar gramática.

Como é que se pode compreender que esta preocupação, logo que levantada na sequência da apresentação do plano de reestruturação da SATA, não tenha tido uma resposta rápida e definitiva?

É difícil de aceitar que um deputado, Rui Martins, membro da coligação governamental, lance suspeitas sobre o futuro das “gateways” (incluindo, obviamente, a do Faial) e não haja quem explique, prontamente, que se trata de um não-assunto.

Afinal, digo eu, não há garantias nenhumas de que o Faial não perca o que tem!

Reafirmo, portanto, o que disse ao princípio: estamos fartos de frases sibilinas, expressões dúbias e palavras ocas.

Neste complexo mundo da aviação, em que é muito difícil entrar, torna-se cada vez mais necessário tirar um curso para poder entender o que nos querem transmitir. Ou talvez seja necessária uma especialização para descobrir o que nos querem esconder.

No meio de tudo isto, como diria a minha saudosa mãe, usando um dito de que nunca encontrei a origem, “caiu-me o estalecido” quando vi o maior responsável do PSD do Faial, para tentar acalmar os ânimos, socorrer-se de uma informação obtida por quem foi a mais alta figura do PS nos Açores.

Diz o povo e com razão que há alguém, em determinada situação, que é sempre o último a saber. Irra! |X|

SOUTO GONÇALVES

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s