FC FLAMENGOS PORTA-SE BEM EM ANGRA

À 2.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores o FC Flamengos foi a Angra do Heroísmo obter um precioso empate (1-1) diante de um dos candidatos ao título, o histórico Lusitânia

Tratou-se da segunda deslocação consecutiva da equipa flamenguense, que na ronda inaugural também jogou na mesma cidade com o não menos reputado Angrense, perdendo por 2-0.

Com a prova a dar os primeiros passos veio a calhar, depois das esperadas e concretizadas dificuldades diante dos encarnados, um jogo sem sofrer, neste caso golos, pois quanto ao sacrifício dentro do campo esse foi evidente, perante um conjunto de qualidade superior.

Regressar ao Faial na véspera do Dia de Todos os Santos com um ponto averbado sabe a pão-por-deus! |X|

REVISTA DA IMPRENSA

Saúde e política são dois temas em destaque na imprensa nacional no Dia de Todos os Santos. Serviço Nacional de Saúde (SNS) bate recorde de horas extraordinárias, revela o Público com grande relevo. Por sua vez, o Diário de Notícias, com uma parangona, anuncia que 89% das vacinas têm “boa imunidade celular” ao fim de seis meses. Isto, em relação à COVID-19. No campo político o jornal Inevitável (até há pouco tempo publicado como jornal “i”) cita o constitucionalista Vital Moreira que é de opinião que o Presidente da República não pode demitir o governo.

O Correio da Manhã também fala de Marcelo Rebelo de Sousa para dizer que um duplo homicida sem-abrigo recebeu apoio do chefe de Estado. O Jornal de Notícias põe em relevo a informação de que o Estado ganha milhões com certificados de aforro por reclamar.

A imprensa desportiva fala de futebol, tema unanimemente sublinhado nas capas de A Bola, Record e O Jogo. Os três “grandes”, Benfica, Sporting e Porto, são chamados, como habitualmente, ao protagonismo. O presidente do Benfica, Rui Costa, faz aviso à navegação, escreve A Bola; o treinador do Sporting criou metade dos golos de bola parada: Amorim LAB, chama-lhe o Record e O Jogo noticia que Uribe, pelo Futebol Clube do Porto, por causa de uma lesão, não vai defrontar o Milan em San Siro.

Na imprensa regional o Açoriano Oriental escreve que “Açores pode ser um exemplo em boas práticas climáticas”. O Diário Insular, por seu turno, preenche a primeira página com desporto e o Campeonato de Portugal onde o Fontinhas, realça o diário terceirense, continua imparável. |X|