MARCHA DA SEMANA DO MAR JÁ TEM VOZ

RESUMO DA EDIÇÃO DE TERÇA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2022

— CAROLINA DIAS, JOSÉ MARIA SILVA E VICTOR RUI DORES DÃO VIDA À MARCHA DA SEMANA DO MAR 2022

— CONSELHEIRO DA DIÁSPORA ACREDITA NO INCREMENTO DAS RELAÇÕES ENTRE A HORTA E NEW BEDFORD

— SIMONE MARTINS E PAULO NÓBREGA ENCONTRAM-SE COM PEIXE RARO

— FUTEBOL DE 7 DURANTE DUAS SEMANAS COM MAIS DE UMA CENTENA DE JOGADORES

— GONÇALO TOCHA QUER FUTEBOL DE REGRESSO AO CAPELO E PRAIA DO NORTE

Carolina Dias interpreta a Marcha da Semana do Mar 2022

A gravação do “videoclip” decorreu nos últimos dias, com a Marina da Horta como um dos cenários, como é habitual e natural.

É sempre uma das novidades mais aguardadas do programa da Semana do Mar. A Marcha deste ano viverá do rosto e da voz de Carolina Dias [na fotografia, com direitos reservados], funchalense a residir na Horta, que também é a voz feminina da Orquestra Ligeira da Câmara Municipal da Horta. A música brota da inspiração virtuosa do maestro José Maria da Silva, enquanto a letra escorre da pena do multifacetado professor Victor Rui Dores.

Amanhã, no Parque da Alagoa, pelas 11 horas, a Câmara Municipal da Horta apresenta, em conferência de imprensa, o programa da Semana do Mar 2022 [ + AQUI ], que, se 1975 for considerado o ano inaugural destas que são as maiores festas do Faial, das maiores dos Açores e pioneiras das festas de verão deste tipo no arquipélago, atingirá a 45.ª edição. |X|

Rui Baptista espera reativação do relacionamento da Horta com New Bedford

2022 é o ano do 50.º aniversário da geminação das cidades de New Bedford e da Horta. A efeméride passaria despercebida não fora a notícia do Tribuna das Ilhas, que despertou o inQuieto para o assunto, ao qual nos referimos na nossa edição número 5, publicada a 1 de julho passado [ + AQUI ].

A altura é propícia a balanço, visto que se atingiu meio século deste relacionamento. Não se sabe se ainda alguém tomará a iniciativa de fazê-lo. De qualquer maneira, o inQuieto abordou o conselheiro da Diáspora Açoriana [ + AQUI ] eleito pelo Estado de Massachusetts, o faialense Rui Baptista, sobre a importância da geminação.

«Na passagem de 50 anos da geminação entre as cidades de New Bedford, na Costa Leste dos Estados Unidos e a cidade da Horta, gostaria de manifestar o meu agrado pelo acontecimento. No entanto, acho que as relações entre estes dois municípios ao longo dos anos se tem perdido um pouco, o que é mau para ambos, mas especialmente para a nossa a Horta, por vários motivos: culturais, turísticos, académicos e até empresariais. Sei que da parte do Município da Horta há uma grande vontade de reativar essa relação o que espero que efetivamente aconteça. Não é por acaso que uma das grandes concentrações de faialenses nos Estados Unidos da América é na cidade baleeira de New Bedford», declarou o conselheiro Rui Baptista [na fotografia, com direitos reservados]. |X|

Peixe raro nos Açores “de visita” ao Faial

A enfermeira Simone Martins e o “web developer” Paulo Nóbrega, que estão ligados a atividades marítimas, nomeadamente mergulho, avistaram em dois dias consecutivos, segunda-feira, 4 e terça-feira, 5 de julho, um tarpão (em inglês «tarpon»), espécie de peixe rara por estas bandas. O avistamento ocorreu junto à costa do Pasteleiro e Paulo Nóbrega registou o momento, fotografando o animal ao perto, a “meia água” (dois a três metros de profundidade), no segundo dia deste encontro. |X|

Simone Martins testemunhou o sucedido no Facebook: «Num mergulho aqui no nosso “quintal” tivemos um encontro com um “Tarpon”! Fiquei mesmo impressionada e deixou-nos acompanhá-lo ainda durante um tempinho. É um peixe gigantesco! Tinha, sem dúvida, mais de metro e meio. Impressionante! Julgo que é um avistamento muito raro aqui pelos Açores». A mergulhadora, falando ao inQuieto, acrescentou que quando viu o peixe, «mesmo» ao seu lado «de repente parecia uma tainha gigante ou uma anchova». E explicou: «Depois percebemos pelas barbatanas e pela forma da cabeça e da boca que era um Tarpon». |X|

DESPORTO

Torneio António Teixeira arranca hoje no Estádio da Alagoa

Mais de uma centena de atletas participa, durante duas semanas, no Torneiro Futebol 7 António Teixeira 2022, organizado no Estádio da Alagoa pelo Fayal Sport Club.

A competição tem início hoje, realizam-se cinco partidas por jornada (dia), às terças, quintas-feiras e sábados, pelas 18h30, 19h00, 19h30, 20h00 e 20h30.

Tomam parte onze equipas: Alvinegros, Os mata leão, Bar de Munique, Valete 7, Futebolada street, Martelos FC, Horta Galaxy, Os albicastrenses, Lagoa street, F. Pacheco congelados e Os atrasados.

A competição, que já se realizou em anos anteriores, é uma homenagem ao falecido sócio do Fayal Sport Club António Teixeira “Preto”, que gozava de grande popularidade entre dirigentes, atletas e a massa associativa “verde”. |X|

Tocha, após festa do União Vulcânico, deseja recuperar futebol no Capelo e Praia do Norte

Com a presença de representantes da Fundação Pauleta e do próprio Pauleta o campo de futebol do União Vulcânico Futebol Clube (UVFC), no Parque Florestal do Capelo, ganhou vida novamente, numa tarde desportiva (9 de julho) [na fotografia, de José Macedo], cujo realce vai para um encontro de futebol, na categoria de infantis, entre uma equipa formada por jogadores do Capelo e da Praia do Norte e a equipa de infantis do grupo Desportivo Cedrense.

Seguiu-se uma partida entre antigos jogadores do UVFC e um conjunto da Fundação Pauleta, onde, como é óbvio, pontificou o antigo internacional português. A festa teve outros atrativos, nomeadamente animação musical e o relato das partidas por três nomes consagrados da rádio faialense: João Ávila, Luís Prieto e Hildeberto Silva.

A iniciativa, liderada por Gonçalo Tocha, foi de «um grupo de cidadãos das freguesias do Capelo e da Praia do Norte» que se juntou «para organizar um festa de celebração do clube de futebol União Vulcânico, clube que já extinguiu a sua actividade, mas que desempenhou um papel social e desportivo aglutinador das comunidades desta ponta da ilha, unindo as duas freguesias do Capelo e Praia do Norte, de 1990 a 2006», lê-se num texto publicado no Facebook.

Gonçalo Tocha, na mesma rede social, manifestou o desejo, após a festa, «que seja possível formar equipas de formação entre as duas freguesia». |X|

HÁ 24 ANOS

TERRAMOTO NO FAIAL

No sábado, 9 de julho de 2022, ocorreu mais um aniversário do terramoto de 9 de julho de 1998, registado às 5h19 e que atingiu a ilha do Faial de forma devastadora, bem como a ilha do Pico. |X|

METEOROLHÓMETRO

Os incrédulos num verão “à maneira” tiveram que meter a viola no saco, pois o mês de julho, até agora, está a portar-se muito bem, principalmente nos últimos dias. O Pico saúda os imensos turistas que andam por aí, revelando-se na sua inigualável beleza; a Caldeira toma banhos de sol e até a agora malfadada praia de Porto Pim voltou a ser melhor piscina natural do mundo, pois o grande “operário” da sua limpeza chama-se vento norte, que, porém, só trabalha quando quer! |X|

[ texto ] |X|

EDIÇÃO NÚMERO 7 | inQuieto FAZ PARTE DO BLOG escrevi.blog. É UM JORNAL, EM VERSÃO ONLINE, COM EDIÇÕES NUMERADAS, DE UMA SÓ PÁGINA. A SUA PERIODICIDADE É VARIÁVEL. TRATA DE ASSUNTOS RELACIONADOS, PRINCIPALMENTE, COM A ILHA DO FAIAL, PODENDO ALARGAR ESTE ÂMBITO. O ANTETÍTULO À ANTIGA FAIALENSE, EXPLICADO AQUI, SINTETIZA A FORMA DE ABORDAGEM DOS TEMAS E O ESTILO DE ESCRITA ADOTADO NESTE ESPAÇO JORNALÍSTICO. |X|

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s