Vai ser criado o «Banco das Artes» na Horta

Antiga agência do Banco de Portugal e Jardim Comendador Eduardo Bulcão serão requalificados

O EDIFÍCIO da antiga agência do Banco de Portugal na Horta após a sua extinção converteu-se num pólo de dinamização cultural, onde, provisoriamente, funcionou a Biblioteca Pública, além de ter sido aproveitado para outras atividades desenvolvidas, nomeadamente, pelo Município, sob a denominação de Banco de Artistas. Nunca, porém, até agora, este importante ativo patrimonial da nossa terra encontrou uma vocação que relevasse e desse a devida expressão às suas potencialidades. Agora, parece ter sido encontrado um caminho…

A Câmara Municipal da Horta anunciou, hoje, que o Banco das Artes (nova denominação) será «um centro participativo, comunitário, cultural, digital e baseado em artes». Uma nota do serviço de imprensa do município, citando o presidente da Câmara, fala de uma ideia cuja realização se baseia «num espírito de circularidade, ligando o mar, a cultura da ilha e a sua diversidade humana».

Embora vago, este desiderato mostra ter alguma consistência na medida em que o projeto de requalificação do edifício em causa e do Jardim Comendador Eduardo Bulcão, situado em frente [na fotografia, de Rui Bettencourt] foi um dos vencedores do concurso «Apoio às Novas Iniciativas Locais do Novo Bauhaus Europeu», lançado pela Comissão Europeia.

Será feita a «otimização acústica, criado um terraço e reformulado o pátio, tornando o “Banco das Artes” num espaço multiusos e direcionado a todo o tipo de manifestação artística».

A Câmara Municipal informa que «especialistas interdisciplinares, através de um Programa de Assistência Técnica da Comissão Europeia», vão trabalhar, durante mês e meio, no melhoramento do projeto e procurar encontrar formas de obter financiamento comunitário.

Conforme explica a nota informativa divulgada pelo município será feita a «otimização acústica, criado um terraço e reformulado o pátio, tornando o “Banco das Artes” num espaço multiusos e direcionado a todo o tipo de manifestação artística».

NOVO BAUHAUS EUROPEU

Entre duas dezenas de propostas foram escolhidas duas em Portugal, que por sua vez fizeram parte de um conjunto de 87 candidaturas oriundas de 18 Estados-Membros da União Europeia. Entre as duas portuguesas eleitas está a da Horta.

Trata-se de um concurso que se «destina em especial a pequenas e médias cidades, procurando abrir caminho para uma representação equilibrada de diferentes tipos de territórios em toda a União Europeia», cujos valores são «a sustentabilidade, a estética e a inclusão», centrados «em quatro domínios de ação: renovação de edifícios e espaços públicos; preservação e transformação do património cultural; adaptação e transformação de edifícios para soluções de habitação a preços acessíveis; ou regeneração de espaços urbanos ou rurais», detalha o Município, referindo-se ao programa Novo Bauhaus Europeu.

Carlos Ferreira, presidente da Câmara Municipal da Horta, realça que «este espaço estará ao serviço das artes, da cultura e da população, sendo um polo agregador e dinamizador da cultura faialense». |X|

Um Comentário

  1. Comentário do arquiteto Pedro Garcia no Facebook: «Vi esta notícia ontem no blogue do Souto Gonçalves e no site da CMH. Não esquecendo a felicitação à autarquia pelo aproveitamento da oportunidade, preocupa-me a solução de conversão da cobertura tardoz num terraço. É uma alteração substancial à lógica construtiva do edifício e que terá custos substanciais para criar uma solução tecnicamente funcional e durável (para manter a iluminação zenital do salão). Trata-se de um edifício antigo, de elevado valor patrimonial e boa qualidade construtiva, a solução deveria respeitar mais a lógica do existente. Para além do mais, a escada existente de acesso ao sótão é insuficiente para o tipo de uso mais intenso proposto. Criar um terraço exterior seria uma ideia interessante, mas provavelmente mais adequada num nível mais baixo e na zona do logradouro. O tema arquitectónico central deveria ser o edifício em si e não a marca da intervenção.»

    Gostar

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s