Despiste no Ribeiro Seco

Uma viatura ligeira despistou-se hoje na zona do Ribeiro Seco, entre as freguesias de Pedro Miguel e Ribeirinha, no Faial, mas do acidente não resultaram danos de monta.

Enquanto isto foi conhecido o relatório da atividade policial nos Açores, respeitante ao período compreendido entre sexta-feira e ontem, através do qual se ficou a saber que se verificaram 27 acidentes de viação no arquipélago, quatro dos quais na ilha do Faial, de que resultou um ferido ligeiro.

Em São Miguel houve 16 acidentes (dois feridos ligeiros) e na Terceira sete (três feridos ligeiros). |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO

Três indivíduos desconfinados

A divisão policial da Horta identificou ontem três pessoas “por circularem na via pública em violação do dever geral de recolhimento entre as 20 e as 5 horas”, segundo o relatório da atividade da Polícia de Segurança Pública (PSP) nos Açores.

Também ontem, no Faial, 503 veículos foram alvo de controlo pelo sistema de radar, dos quais dez praticaram “infrações de natureza contraordenacional, por circulação em excesso de velocidade”, refere o comunicado da PSP.

Em toda a região ocorreram sete acidentes de viação, um deles no Faial, que provocou um ferido ligeiro. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO

Acidente de viação no Faial


A Polícia de Segurança Pública registou ontem a ocorrência de sete acidentes de viação nos Açores, um dos quais na ilha do Faial. Os restantes seis aconteceram em São Miguel, resultando um ferido ligeiro.

Na área de ação da esquadra policial das Lajes do Pico foi detido “em flagrante delito, um indivíduo, do género masculino, de 46 anos, pela prática de condução de veículo agrícola sem habilitação legal para o efeito”.

Na Madalena decorreu “uma operação de fiscalização rodoviária que incidiu sobre 11 veículos e os seus condutores” durante a qual a PSP “notificou quatro indivíduos, maiores de idade, por circularem na via pública em violação do dever geral de recolhimento entre as 20 e as 05 horas”.

A brigada de investigação criminal da ilha das Flores “apreendeu dois ratos óticos e um teclado que haviam sido furtados num estabelecimento de ensino” da ilha. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO

PSP encerra estabelecimento

A divisão policial da Horta notificou cinco indivíduos (três no Faial e dois nas Flores) “por circularem na via pública em violação do dever geral de recolhimento entre as 20 e as 5 horas” durante a atividade operacional regular da Polícia de Segurança Pública (PSP) entre a passada sexta-feira e ontem.

Na Madalena do Pico, no mesmo período, a esquadra local da PSP “procedeu à notificação de encerramento de um estabelecimento de restauração e bebidas que se encontrava a laborar para além do horário imposto” pela lei. A ordem policial foi acatada.

As esquadra da Horta e de trânsito fiscalizaram, também de sexta-feira a domingo passados, 19 veículos, efetuando o controlo da alcoolemia. Por sua vez a esquadra da Madalena monitorizou 212 veículos e detetou 12 infrações por circulação em excesso de velocidade. Numa ação conjunta as esquadras de São Roque e Lajes do Pico fiscalizaram 39 veículos, incluindo a submissão dos seus condutores ao controlo da alcoolemia, observando duas infrações.

21 ACIDENTES EM TRÊS DIAS NOS AÇORES

De 12 a 14 de fevereiro, nas estradas dos Açores, ocorreram 21 acidentes de viação, dos quais resultaram sete feridos (dois graves e cinco ligeiros).

O maior número de acidentes aconteceu em São Miguel, com um ferido grave. Na ilha Terceira deram-se seis acidentes (um ferido grave e quatro ligeiros). No Faial e Pico, com dois acidentes cada, não se registaram feridos. São Jorge teve um acidente com um ferido ligeiro e na Graciosa houve um acidente sem feridos. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO

Pirotecnia. Fogo-de-artifício apreendido na Madalena

Foram apreendidos na Madalena do Pico quase 700 artigos de pirotecnia no âmbito de uma ação da Esquadra de Fiscalização de Armas e Explosivos da PSP.

De acordo com o relatório diário da atividade policial nos Açores a apreensão resultou de uma operação de fiscalização “direcionada a artigos de pirotecnia de livre circulação”.

“Foi constatada a venda de fogo-de-artifício por um distribuidor em incumprimento das obrigações legais”, explicou a PSP, que, por isso, apreendeu 693 artigos, dos quais 590 encontravam-se indevidamente rotulados [na fotografia/PSP]. |X|

Souto Gonçalves texto

Segurança. Festa de aniversário interrompida pela polícia

O relatório da atividade policial nos Açores, divulgado ontem, revela que elementos da Esquadra da Madalena do Pico da Polícia de Segurança Pública (PSP) detetaram “uma festa de aniversário a decorrer nas instalações de uma coletividade, com a presença de cerca de 30 pessoas”.

No âmbito das medidas excecionais de combate à COVID-19 determinadas pela Autoridade de Saúde Regional (ASR) um indivíduo do género masculino, com 22 anos de idade, foi identificado como responsável pela iniciativa em causa, diz o boletim da PSP.

Durante esta ação de patrulhamento foram tomadas medidas de interrupção da festa.

Enquanto isto e também no âmbito da pandemia, a Esquadra das Lajes das Flores “dinamizou uma ação de sensibilização e esclarecimento” sobre utilização da internet com segurança destinada aos alunos do 4.º ano de escolaridade da Escola Básica e Integrada das Lajes das Flores.

As Esquadras da PSP da Madalena do Pico e das Lajes das Flores estão subordinadas à Divisão Policial da Horta que, por sua vez, depende do Comando Regional dos Açores. |X|

Souto Gonçalves texto