FC FLAMENGOS GANHA E SOBE

À 5.ª jornada (em 18) o Futebol Clube dos Flamengos (FCF), a disputar o Campeonato de Futebol dos Açores (CFA), saboreou a primeira vitória

O triunfo teve um sabor especial pois foi obtido diante de um rival da ilha vizinha, que deu a este jogo um carácter de “derby”.

A equipa faialense impôs-se por um claro 3-1, no seu reduto. Marcaram pelos azuis João Gonçalves, que inaugurou e depois José Humberto (2-1) e Tiago Furtado, que fechou a conta. O veterano faialense que defende a camisola do Vitória do Pico conseguiu equilibrar o “placard” quando empatou a partida (1-1).

Paulatinamente o FC Flamengos vai subindo na classificação e é 7.º classificado neste momento, com menos um jogo, que não realizou ainda contra o SC Marítimo.

Com o resultado positivo obtido na tarde de hoje a equipa do vale dos Flamengos trocou de posição na tabela classificativa com o representante picoense no CFA, mantendo um despique interessante no que toca aos representantes da Associação de Futebol da Horta nesta competição. |X|

FC FLAMENGOS MANTÉM CLASSIFICAÇÃO

Embora sem ter jogado, o FC Flamengos manteve o 8.º lugar na classificação do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA)

O cancelamento, pela manhã, do voo que levaria a turma do vale dos Flamengos até à ilha Graciosa, no sábado, onde defrontaria o SC Marítimo, às 16 horas, para a 4.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA) levou ao adiamento da partida. Apesar de não entrar em campo e ficar com um jogo em atraso, o FC Flamengos manteve intacto o oitavo posto da tabela classificativa.

FC FLAMENGOS SOBE NA CLASSIFICAÇÃO

O FC Flamengos consentiu hoje um empate (2-2) diante CF Vasco da Gama, mas subiu um lugar na classificação

Disputou-se no fim de semana a 3.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA) e coube à equipa faialense receber a turma micaelense do CF Vasco da Gama, jogando pela primeira vez em casa na edição deste ano da prova.

Depois de uma derrota na primeira jornada (em casa do Angrense por 2-0) e de um empate (0-0 no reduto do Lusitânia) havia alguma esperança de que a turma do vale dos Flamengos premiasse os seus adeptos com o um resultado positivo.

Assim não aconteceu e a partida terminou com um empate a duas bolas, o que, no entanto, permitiu ao FC Flamengos subir um lugar na tabela classificativa.

Na próxima jornada a equipa dirigida pelo técnico Rui Pacheco desloca-se à ilha Graciosa para defrontar o SC Marítimo. Se vencer, consegue ultrapassar o seu adversário na classificação, o que constitui mais um fator de motivação para os jogadores faialenses. |X|

FC FLAMENGOS RECEBE VASCO DA GAMA

A 3.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA) iniciou-se pelas 10 horas de hoje. Amanhã completa-se a ronda

À hora da redação desta notícia (11h50) está a decorrer a partida que opõe o Graciosa FC ao Boavista CR. Amanhã jogam o Angrense contra o SC Marítimo (12 horas); o GD São Roque recebe o Vitória do Pico (12h30); o SC Guadalupe defronta em casa o Lusitânia (14h30) e o FC Flamengos, no seu reduto, opõe-se ao CF Vasco da Gama.

A equipa faialense fará o seu primeiro jogo no vale dos Flamengos, pois nas 1.ª e 2.ª jornadas deslocou-se a Angra do Heroísmo, onde sofreu uma derrota com o Angrense (2-0) e conseguiu um empate diante do Lusitânia (0-0).

Juntando o fator casa e o desfecho motivador da partida contra o histórico Lusitânia, para além, naturalmente, do objetivo de ganhar qualquer desafio, os jogadores orientados por Rui Pacheco [na fotografia, com direitos reservados] entrarão em campo animados e focados na vitória, apesar de irem defrontar um adversário oriundo de uma ilha (São Miguel) que apresenta futebol de qualidade.

O CFA está no princípio, mas já tem estatísticas. FC Flamengos e FC Vasco da Gama encontram-se posicionados na tabela classificativa em 9.º e 8.º lugares, ambos com dois jogos realizados, sem vitórias, com uma empate e uma derrota. A única diferença é em número de golos sofridos (nenhuma destas equipas marcou até agora): o CF Vasco da Gama tem um golo sofrido e o FC Flamengos dois. Portanto, equilíbrio, pelo menos teórico, antes do confronto começar. |X|

FC FLAMENGOS PORTA-SE BEM EM ANGRA

À 2.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores o FC Flamengos foi a Angra do Heroísmo obter um precioso empate (1-1) diante de um dos candidatos ao título, o histórico Lusitânia

Tratou-se da segunda deslocação consecutiva da equipa flamenguense, que na ronda inaugural também jogou na mesma cidade com o não menos reputado Angrense, perdendo por 2-0.

Com a prova a dar os primeiros passos veio a calhar, depois das esperadas e concretizadas dificuldades diante dos encarnados, um jogo sem sofrer, neste caso golos, pois quanto ao sacrifício dentro do campo esse foi evidente, perante um conjunto de qualidade superior.

Regressar ao Faial na véspera do Dia de Todos os Santos com um ponto averbado sabe a pão-por-deus! |X|

Fayal Sport reduzido a sete

Treino no princípio da época: nem todos os jogadores conseguem deslocar-se para participarem nos encontros fora da ilha fotografia: direitos reservados


O Fayal Sport deslocou-se hoje a São Miguel para disputar com o GD São Roque uma partida da 9.ª jornada do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA), que acaba de ser retomado, após interrupção por causa da pandemia.

O jogo terminou logo a seguir ao intervalo, na sequência de uma lesão do veterano capitão do Fayal Sport Marco Anselmo, que já se encontrava “tocado” após um lance na 1.ª parte.

A equipa visitante viu-se reduzida a seis elementos, o que levou o árbitro a dar por concluída a partida visto que o regulamento o impõe, sendo atribuída a vitória ao outro contendor.

A turma faialense apresentou-se antes do apito inicial somente com sete jogadores por dificuldade de deslocação para o exterior da ilha de uma boa parte do plantel, inclusivamente do treinador Horácio Goulart.

Perante um dos mais fortes conjuntos do CFA, que lidera a prova à condição (com mais um jogo do que os 2.º e 3.º classificados, Lusitânia e Angrense, que amanhã jogam entre si e têm, respetivamente, menos 1 e 2 pontos do que o 1.º classificado após o embate deste com os “verdes da Alagoa”), a turma de Horácio Goulart bateu-se com denodo, em face da enorme desvantagem numérica no que toca aos atletas que se encontravam dentro do retângulo, só sofrendo o primeiro golo aos 36 minutos.

A partida foi para o intervalo com o GD São Roque em vantagem (2-0), ampliada para 3-0 como “castigo” pela insuficiência de jogadores para terminar a disputa, após a já referida lesão do capitão verde.

A rádio Azores High, do Faial, transmitiu no Facebook, em vídeo e em direto, o encontro, tendo-se observado uma atuação da equipa do Faial muito digna, com o guardião Luís Freitas num plano de destaque, conforme referiu o narrador Roberto Serpa.

FAYAL SPORT EVITA FALTA DE COMPARÊNCIA

O presidente do Fayal Sport explicou a ESCREVI.BLOG que a indisponibilidade dos jogadores para a deslocação se relaciona com as exigências de testagem à COVID-19 e à quarentena a que se sujeita quem provém de São Miguel.

Uma vez que a equipa verde não se baseia em elementos que façam do futebol a sua profissão, torna-se difícil obter das respetivas entidades patronais a dispensa para cumprimento das restrições derivadas da pandemia, explicou Luís Carlos Rosa.

A falta de comparência ao jogo levaria o Fayal Sport a sofrer um “rombo” financeiro da ordem dos seis aos 10 mil euros, entre multas e incumprimento de contratos-programa com o governo.

Luís Carlos Rosa, que já foi jogador e treinador dos “verdes da Alagoa”, lembrou que defendeu o adiamento da prova, que na jornada de hoje e amanhã completa metade da fase única, mas os seus intentos não lograram junto da maioria dos clubes que tomam parte no CFA, nem das associações de futebol do arquipélago, nomeadamente a da Horta, que organiza a competição na presente temporada.

Com a eliminação da obrigatoriedade, a partir de terça-feira próxima, da realização de testes por quem viaja de avião de São Miguel, o presidente do Fayal Sport diz não saber, ainda, se o teste ao 6.º dia dos seus jogadores que viajem amanhã de São Miguel terá que ser efetuado. Se assim for, alerta, a testagem coincidirá com o próximo sábado, dia em que está programada uma nova deslocação da equipa faialense, desta feita para enfrentar o Lusitânia, na ilha Terceira. Os testes — interroga-se Luís Carlos Rosa — serão feitos na Horta ou em Angra do Heroísmo?

O Fayal Sport ocupa a última posição da tabela classificativa, com apenas dois empates e a dois pontos do penúltimo, o Santiago FC da ilha de São Miguel. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO