Evacuação das Flores para a Horta

A Força Aérea Portuguesa realizou na tarde de hoje a evacuação de uma pessoa da Unidade de Saúde da Ilha das Flores para o Hospital da Horta.

Uma aeronave (C-295) da esquadra “Elefantes” [na fotografia] efetuou este transporte médico urgente, tendo partido da Base Aérea N.º 4, nas Lajes, ilha Terceira, às 15h40, aonde regressou pelas 18h10, depois de 2h30 de voo. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO | CLÉLIO GARCIA FOTOGRAFIA

452 evacuações em 2020

Aeronaves da Força Aérea Portuguesa (FAP) efetuam evacuações a partir dos aeroportos dos Açores, nomeadamente do aeroporto da Horta fotografia de arquivo (2018) da FAP


Durante o ano findo a Força Aérea Portuguesa (FAP) realizou entre as ilhas dos Açores 302 missões relacionadas com evacuações aeromédicas.

Com o mesmo objetivo, ou seja, assegurar o transporte de doentes com carácter de urgência, foram realizadas 61 operações entre os arquipélago e Portugal continental.

Somando, foram 363 missões nos Açores e da região para fora.

Em 2020 as aeronaves implicadas nas missões em causa voaram com este objetivo específico 870 horas (582 entre ilhas e 288 entre os Açores e o continente).

Foram alvo de transporte médico entre janeiro e dezembro do ano passado 383 doentes, deslocados entre as ilhas, mais 69 do arquipélago para o território continental.

O total entre ilhas e para o continente ascendeu a 452 evacuações.

A FAP utiliza nas missões referidas três esquadras: “Pumas” (helicópteros), “Elefantes” (aviões de transporte) e “Linces” (jactos). |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO