INFORMAÇÃO, SOCIEDADE

Sismos ao largo do Faial

A zona oeste dos Capelinhos apresenta instabilidade sísmica frequente fotografia (arquivo) de José Manuel Garcia


Desde a passada terça-feira, até hoje, foi registada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a oeste da ilha do Faial uma dezena de eventos sísmicos.

Esta zona está há muitos anos identificada por cientistas, entre os quais os faialenses Frederico Machado e Victor Hugo Forjaz, como geradora de atividade sísmica frequente.

Sismos registados pela rede do IPMA

No conjunto de eventos dos últimos oito dias há a destacar o de maior magnitude, que aconteceu na madrugada de domingo de Carnaval, às 4h47.

A magnitude observada, medida na escala de Richter, apresenta valores entre 2,2 e os referidos 4 graus. No conjunto dos dez sismos quatro atingiram três ou mais graus.

Não há notícia de que os sismos tenham sido sentidos pela população do Faial. |X|

SOUTO GONÇALVES TEXTO

Standard