WANDA PERTO DAS FLORES E CORVO

Confirmando as sucessivas previsões anunciadas nos últimos dias, a tempestade tropical Wanda, que tem evoluído no Atlântico Norte a oeste do arquipélago dos Açores, mantém-se ao largo das ilhas, já com um aspecto de decomposição.

O prognóstico do Windguru para as 15 horas de hoje [na imagem] mostra que o centro da Wanda se encontrará a noroeste do Grupo Ocidental, com rajadas de vento que não chegarão a 100 km/h.

TEMPESTADE WANDA EVITA OS AÇORES

Imagem extraída do Windguru às 11 horas dos Açores

A tempestade tropical Wanda vai passar a rasar o arquipélago, a noroeste, ao meio-dia de amanhã, domingo, 7 novembro, para depois começar a perder força. As ilhas mais ameaçadas serão as Flores e o Corvo, onde o vento soprará com rajadas que não deverão atingir 70 km/h, acompanhado de previsto períodos de chuva. É caso para dizer que desta vamos escapar! |X|

WANDA POUPA OS AÇORES

Previsões meteorológicas internacionais continuam a manter válida a possibilidade da tempestade tropical Wanda passar ao largo do arquipélago açoriano

Imagem do National Hurricane Center sobre o posicionamento da Wanda às 12 horas de hoje

O centro da tempestade não afetará diretamente as ilhas, mas isso não significa que a Wanda não tenha influência sobre o estado do tempo na região dos Açores.

Olhando para a previsão descritiva do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) nota-se que, de hoje até sábado, o máximo de dias com informação meteorológica disponível, as condições atmosféricas serão muito equivalentes a cada 24 horas no Grupo Central: céu muito nublado, chuva acompanhada de trovoada e vento fresco, com rajadas que não ultrapassarão 65 km/h.

A Delegação dos Açores do IPMA emitiu um comunicado nesta quarta-feira em que reitera o que já havia publicado, ou seja, a elevada incerteza da trajetória da tempestade tropical, que, no entanto, indicia a “baixa” probabilidade de os Açores serem atingidos diretamente pelo grosso do mau tempo. |X|