Madalena. Ondulação impede operação no cais novo

Atracagens de hoje deverão ser todas no cais velho

Molhe do cais da Madalena do Pico fotografia de Rui Machado

A primeira viagem (saída às 7h30) e a segunda viagem (10h45) do Canal nesta quinta-feira, efetuadas entre os portos da Horta e da Madalena pelo navio Mestre Jaime Feijó, tiveram um contratempo: foi necessário operar no cais velho daquela vila piocense.

Marla Pinheiro, diretora comercial da Atlânticoline, empresa que assegura as ligações marítimas de passageiros e viaturas entre o Faial e o Pico, contactada por ESCREVI.BLOG, previu que o mesmo deve suceder nas duas viagens que falta realizar hoje, às 14h15 e às 17h15.

Sempre que a ondulação forte dos quadrantes norte e noroeste ocorre no porto da Madalena a operação de atracagem fica potencialmente comprometida, obrigando, por vezes, a abandonar a opção pelo cais novo, com recurso ao velho cais como alternativa. Quando que isto acontece não é realizado o transporte de viaturas, como sucedeu na manhã de hoje, com a única viatura arrolada para viajar.

O empresário faialense Rui Machado, que viajou na primeira ligação do dia da Madalena para a Horta, assistiu à intempérie que obrigou à mudança de cais para permitir o desembarque e embarque dos passageiros.

O registo fotográfico da ondulação forte fala por si. |X|

Souto Gonçalves texto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s